terça-feira, dezembro 22, 2009



A recente discussão sobre o casamento entre pessoas do mesmo sexo, faz-me lembrar uma expressão que o povo aqui no norte usa muitas vezes - " Andar o carro à frente dos bois".



Antes de legislar sobre a matéria, parece-me haver imenso trabalho a fazer no âmbito da consciêncialização para a não discriminação.

segunda-feira, novembro 30, 2009

Uma janela

Peniche, Setembro de 2009.

Estou na ala de segurança máxima do forte de Peniche, precisamente na cela onde esteve detido Álvaro Cunhal. Nas paredes, desenhos de um dos detidos mais "perigosos". Olho para eles e compreendo porquê. Ainda hoje, vários anos depois da sua morte, continua a cativar pessoas e a transmitir a sua mensagem com a sua obra. Podemos não concordar com as suas ideias, mas mentiremos se não admitirmos que foi um homem singular e único.

A guia que nos acompanhou durante a visita, diz-nos que a princípio, nem lápis nem papel queriam dar a Cunhal. Acabaram por ceder, mas o oficial de serviço rubricava todas as folhas, o que resultou no paradoxo de assinar uma mensagem de liberdade, comunhão e fraternidade que eram o oposto do ideal que estava a defender.

Olho para os desenhos, agora emoldurados e lá está o reflexo da janela, a mesma janela gradeada que impedia a fuga, mas permitia a entrada de luz para desenhar e sonhar um mundo diferente.

quarta-feira, novembro 25, 2009

da paz

O Nobel da paz deste ano, preside um dos poucos países que não assinaram convenção internacional que proíbe as minas terrestres.

sábado, novembro 21, 2009

Sons do Minho

O inverno faz desaparecer estes fantásticos instrumentos que caracterizam bem a cultura do nosso povo minhoto.

Mas com a primavera, é -las a despontar, aqui e ali como malmequeres.

segunda-feira, novembro 16, 2009

Blog.Wall




blog.wall[o que fazer com uma parede vazia?...]


O alt.blog, disponível em http://blog.fotoalternativa.net/ desde 2007, é o tema escolhido para a 2ª exposição do espaço_ALT.


Com cerca de 1000 fotografias, construímos uma parede que, em imagens, conta a nossa história. Pessoas, lugares vazios, cidades, intimidades... Uma história aos quadradinhos onde o visitante é convidado a levar um pedaço para casa.[o que fazer com uma parede vazia?... construímos uma outra parede.]


quarta-feira, novembro 11, 2009

Dar música

A nossa classe política dá-nos música e nós, povo de brandos costumes, vamos na cantiga.

O recente caso "face oculta", assim vai permanecer para sempre... oculto. Como convém.

segunda-feira, novembro 09, 2009

20 anos - 20 Séculos

Enquanto há valores que embora protegidos militarmente acabam por cair ao cabo de poucas décadas, outros mantêm-se de pé há mais de 20 séculos.

sexta-feira, novembro 06, 2009

Gerações

Vivemos a Era da Comunicação, mas não posso deixar de reparar que as recentes conquistas tecnológicas ao invés de aproximar, estão a afastar cada vez mais as gerações.

segunda-feira, novembro 02, 2009

Foguetório

Foguetório!!!

Não pelo futuro incerto, mas pelo fim de um passado de má memória.

quinta-feira, outubro 29, 2009

Mudam-se os tempos...

Coimbra 8 de Junho de 1953 - Às vezes fico-me a pensar no grau de intolerância que é preciso para, num país como o nosso, existir uma incompreensão tão cega pelo drama de todos aqueles que vivem à margem da Igreja. Nados e criados num ambiente familiar católico, aplainados na doutrina, convivas mais tarde à mesa de uma literatura fradesca e devota, limitados às emoções de uma arte exclusivamente religiosa, rodeados de amigos praticantes, e a pegar e a despegar do trabalho ao som de sinos que tocam o Ave, só mesmo porque qualquer coisa de muito profundo, de muito rebelde, de muito invencível, se recusa dentro da natureza de tais anatematizados, explica que se arredem de um caminho onde tudo lhes seria fácil, e tomem por outro onde tudo lhes é difícil. …”

in Miguel Torga - Diário Vols VII e VIII

Passado mais de meio século, sou tentado a concluir que tudo se inverteu e são agora os crentes o objecto da incompreensão de que Torga nos falava em 1953.

instantes...

terça-feira, outubro 27, 2009

Objectividade

É quando nos distanciamos das coisas, que delas temos uma visão mais objectiva.

sábado, outubro 24, 2009

sexta-feira, outubro 23, 2009

VideoGrafando

As mais recentes câmaras fotográficas, são capazes de produzir videos que nos vão deixando de boca aberta. O filme seguinte foi captado com uma Canon EOS 5D.


Battle for Hearts and Minds Trailer from Danfung Dennis on Vimeo.

segunda-feira, outubro 19, 2009

Nobel do disparate

As recentes declarações de Saramago sobre a Bíblia, e sobre os católicos ultrapassam em muito o aceitável. Não se trata de ignorância. É deliberada má-fé.
Nem a idade avançada, nem tão pouco o seu Nobel, servem de desculpa para a afirmação de tamanho disparate.
Mais; alguém que tem uma opinião tão firme sobre a religião católica, devia olhar-se ao espelho e penitenciar-se pelos crimes horrendos que a sua ideologia politica foi capaz de perpetrar. Ficava-lhe bem pelo menos, estar calado.

sábado, outubro 17, 2009

Desconstrução

Os Brasileiros para além das considerações da Maite Proença, têm palavras deliciosas e cheias de significado.

quarta-feira, outubro 14, 2009

s/ título

O ar espampanante e folclórico do cruzeiro iluminado contrasta com a beleza e sobriedade da luz da lua.

terça-feira, outubro 13, 2009

(des)Equilíbrios

Há noticias que colocam em causa o equilíbrio de projectos que demoraram anos a solidificar.

Resta encontrar entre as ameaças, novas oportunidades.

domingo, outubro 11, 2009

Cultura e Religião

Um amigo meu, no seu blog Pasquinada, tem um post interessante sobre Cultura e Religião. Já agora deixo aqui o desafio para que leiam, e porque não, deixem uma opinião.

Demência

Esta imagem é o resultado da sobreposição no Photoshop de 2 registos autónomos. Trata-se da foto de uma pequena embarcação no rio Cávado e a textura degradada de uma outra embarcação que jaz ali perto.
Muito se discute acerca da verdadeira essência da fotografia e dos limites da edição e manipulação digital. Se considerarmos que a fotografia é apenas a técnica que permite registar a realidade, a manipulação digital é obviamente uma subversão dessa arte, mas se esta for encarada como meio de comunicação de uma mensagem (naturalmente pessoal e subjectiva), então praticamente não haverá limites nem fronteiras à nossa imaginação.
Esta foto é apenas uma pequena e modesta tentativa de encarar a fotografia no âmbito mais abrangente da segunda hipótese.

terça-feira, setembro 29, 2009

Os limites da Liberdade

A liberdade sem limites não existe.


Fiquei absolutamente estupefacto ao verificar que na humilde terra onde vivo, o PNR obteve uma votação significativa, atendendo ao reduzido eleitorado. Os seus 22 votos, e uma percentagem de 3.8%, são motivos mais que suficientes para uma reflexão.


Apesar de se tratar de uma brincadeira de meia dúzia de amigos, parece-me que há limites para tudo.


Extrapolando este resultado para o contexto nacional, este partido xenófobo e racista, teria representação parlamentar, o que seria obviamente vergonhoso para um país com uma tradição humanista como Portugal.
Não podemos nunca, nem por brincadeira, subscrever os princípios que este partido defende. Admito que a maioria dos que votaram nem conheçam o partido nem os seus princípios (ou falta deles). Para fazer protesto, existe o voto em branco, ou uma enorme quantidade de partidos, alguns dos quais com programas simpáticos, e propósitos sérios, que ao crescerem a votação enriqueceriam a democracia.


A política não deve ser uma brincadeira. Quer queiramos, quer não, o desenvolvimento das sociedades passa inevitavelmente pela política. Más escolhas politicas conduzem a prazo a retrocessos civilizacionais.

domingo, setembro 27, 2009

Debaixo de olho

Com os resultados eleitorais desta noite, o partido de governo estará constantemente debaixo de olho. O Parlamento irá servir para aquilo que criado, e deixara de ser a passerelle da prepotência dos governos de maioria absoluta.

segunda-feira, setembro 21, 2009

Às cégas



Generalizou-se a ideia errada e perigosa, mas obviamente conveniente aos partidos políticos, que a democracia se exerce apenas no acto eleitoral. Nada de mais errado. A democracia faz-se em cada atitude que tomamos, na responsabilidade cívica, no associativismo, na intervenção pública e naquilo que o Dr António Barreto, no discurso do 10 de Junho, chamou de exemplo.

A democracia faz-se a cada dia nos actos mais simples do quotidiano. Esperar pelas eleições para exercer a democracia é limitativo, desde logo porque temos de escolher de entre o que nos é apresentado para sufrágio, que apesar de diversificado em termos de quantidade, está geralmente longe daquilo que seria desejável qualitativamente

sábado, setembro 19, 2009

Ami Vitale

1ª grande regra para fazer boas fotos: Respeitar as pessoas.

As mais recentes câmaras fotográficas permitem fazer videos em HD e Full HD. Apenas mais uma característica técnica inútil, ou uma verdadeira potencialidade? Veja o video e tire as suas ilações.

quarta-feira, setembro 16, 2009

O valor da imagem

Foi há dias que entendi o verdadeiro alcance da expressão "uma imagem vale mais que mil palavras", quando reparei que as pessoas em vez de lerem os programas eleitorais, olhavam apenas para as fotografias dos candidatos e, imediatamente teciam considerações sobre as suas propostas.

segunda-feira, setembro 14, 2009

Organização.

Dividimos, organizamos, empacotamos e catalogamos tanto,

...que perdemos a identidade.

segunda-feira, setembro 07, 2009

Sobre a Liberdade


Tive o privilégio de visitar a Fortaleza de Peniche, onde estiveram encarcerados alguns dos mais "perigosos" presos políticos do tempo do Estado Novo. Ao percorrer aqueles corredores, não é possível deixar de reflectir sobre o valor da liberdade. Ao ver aquelas celas, e imaginando as torturas que nelas foram perpetradas, fico triste e até indignado pelo desprezo que muitos hoje demonstram, por um valor pelo qual tantos deram a vida.


Outros, mais condenável ainda, usam essa conquista de forma abusiva e cobarde, entrando escandalosamente no espaço que pertence à liberdade do outro, confundindo o remédio com puro veneno.

domingo, agosto 30, 2009

Sobre o risco

"se a foto não está suficientemente boa, é porque você não está suficientemente perto”

Este era o lema do lendário fotógrafo Robert Capa, que fruto dessa máxima morreu ao pisar uma mina. Desde ele, a regra do "Quanto mais próximo, melhor", tem sido adoptada por fotógrafos de todo o mundo, desde simples amadores a conceituados profissionais como é o caso de Emilio Morenatti que em resultado dessa escolha acabou ferido e com um pé amputado. O seu amor pela fotografia é tanto que nenhum constrangimento o impede de fotografar.

"Quanto mais próximo, melhor... "

- O prémio poderá ser maior, mas o risco também o é.

sábado, agosto 29, 2009

Pedras que falam

IMG_9874


Por vezes passamos ao pé de pedras, caminhos, nascentes e acidentes geográficos, que nos falam de história e de histórias...
Devíamos estar mais atentos a esses sussurros.

sexta-feira, agosto 28, 2009

Era da Informação

Li há pouco que o presente é apenas o momento em que o futuro se precipita no passado.
Há um princípio com que todos concordarão: O conhecimento advém da informação. Entenda-se aqui conhecimento como cultura, sabedoria.
Acontece que apesar de vivermos na era da informação, não existe uma correlação directa com o aumento do conhecimento.
Os jovens de hoje, com a ajuda de um computador com ligação à Internet são capazes de obter mais informação numa manhã que os jovens de há vinte anos atrás que necessitariam de semanas para obterem essa mesma informação pesquisando livros e jornais numa biblioteca.
Este paradoxo deve fazer-nos pensar um pouco sobre a utilidade da Internet e das novas tecnologias.
Estaremos a usa-las correctamente? Qual o papel que os educadores deverão ter no controlo dessas ferramentas?


quarta-feira, agosto 26, 2009

Do tempo

Li há pouco que o presente é apenas o momento em que o futuro se precipita no passado.

No fundo, o presente quase não existe. É apenas um pequeníssimo lapso de tempo que apesar disso a fotografia consegue eternizar.

segunda-feira, agosto 24, 2009

Salgado digital

Sebastião Salgado era ,até há bem pouco tempo, um dos defensores da fotografia analógica em detrimento do digital. A sua ligação à película e às suas leicas era uma imagem de marca.

Pois bem, parece que finalmente se rendeu ao digital. E vai já para um ano que trocou as suas míticas Leicas por uma Canon EOS 1Ds MKIII.

Em alguns blogs já se coloca a questão. Porque não continuou ele com uma Leica digital?

Veja mais aqui, aqui e aqui

domingo, agosto 23, 2009

Reedição dos temas

A reedição dos temas tem vantagens e desvantagens. Por um lado a experiência ajuda-nos a posicionarmos melhor e a procurar aquela foto que mais ou menos sabemos que acontecerá. Por outro lado, sintimo-nos inibidos pelo fantasma da repetição das fotos dos anos anteriores.

Índice de(s)Confiança

Sinto muito pouca confiança no futuro

quando vejo o Hugo Chávez elogiar Sócrates e imitar as suas políticas.

sexta-feira, agosto 21, 2009

Mudar de Sistema

"Coimbra, 27 de Maio de 1952 - Um Juiz meu cliente desanimado da vida. Quanto mais julga e condena, mais crimes lhe aparecem. E eu só lhe disse:

- Mudem de sistema! Em vez de construírem hospitais e tribunais, e ficarem à espera do homem quando ele ali chega tuberculoso ou criminoso, vão ao encontro dele no caminho da vida, e dêem-lhe o pão que lhe falta e a cultura que não tem..."

in Diário - Miguel Torga - Vol V/VI