quarta-feira, novembro 11, 2009

Dar música

A nossa classe política dá-nos música e nós, povo de brandos costumes, vamos na cantiga.

O recente caso "face oculta", assim vai permanecer para sempre... oculto. Como convém.

3 comentários:

ruimnm disse...

Nesta imagem, a principal também está oculta, mas deslumbro aí algumas. Algum sinal?

S.Esteves disse...

A seguir aparecem mais casos e todos seguem o mesmo caminho.
Será a comunicação social "os instrumentos", as fugas de informação, "os acordes", e nós a pagar os bilhetes, desta musica confusa?
Este caso tem mais a saber, que o número de concertinas na foto.

Adelino Silva disse...

Boas.
A "música" continua, mas já estão a tirar algumas "concertinas do palco"! Esta atitude é, no mínimo, suspeita, principalmente quando determinado tocador não se preocupa se tocou bem ou mal, se tocou ou não no correcto registo! Apenas se preocupa em saber se era permitido ter alguém a vê-lo tocar.
Dizem que a justiça é cega! Eu digo que em Portugal ela é cega, surda, muda, lenta e injusta, pois nem tem o mesmo "peso e medida" para todos os cidadãos!
Basta ver (os mais mediáticos): Apitos, Casa Pia, Freeport, etc.
Terminam sempre da mesma forma! Ha-de haver um "Zé" qualquer para arcar com as culpas todas.

Adelino Silva