quinta-feira, novembro 12, 2009

Acreditar

1 comentário:

ruimnm disse...

Gostei da expressão convicta da menina, pois em S. Bartolomeu do Mar há muitas crianças que saem dali a chorar.
Um grande etno-retrato.