domingo, dezembro 14, 2008

O sonho

O sonho vive dentro de nós
e brota das nossas mãos.
o sonho não tem idade,
não tem classe social,
nem título académico.

O sonho nasce quando temos a coragem
de sujar as mãos,
como o agricultor que todos os anos com amor,
acaricia a terra e a fecunda com as sementes
sem a preocupação de saber
se hão-de dar fruto.

Foto: Picasso de Barcelos, Maio de 2008

1 comentário:

Sérgio disse...

Eu diria "a inspiração e o sonho", todos temos, uns mais do que outros, sem inspiração è mais dificil realisar sonhos

depois, vem o fazer, o acreditar nas suas capacidades de realizar sonhos.
Haja sonhos e inspiração.

Eles não sabem, nem sonham,
que o sonho comanda a vida,
que sempre que um homem sonha
o mundo pula e avança
como bola colorida
entre as mãos de uma criança.

Um pouco do poema de António Gedeão, pseudónimo de Rómulo de Carvalho, nasceu a 24 de Novembro de 1906 e deixou-nos um rol de pérolas literárias.

um abraço

Sérgio