terça-feira, junho 26, 2007

Há coisas fantásticas, não há?!!!

Decorreu no passado Domingo em Creixomil, uma iniciativa a meu ver muito meritória, não só pela pertinência do tema, mas sobretudo porque partiu de um grupo de cidadãos que se organizaram em torno de um mesmo objectivo, contrariando assim o péssimo hábito de esperar que as instituições oficiais façam tudo. Deixo por isso aqui os meus parabéns a todos quantos trabalharam afincadamente para tornar aquela magnífica tarde de convívio uma realidade.
Mas há coisas realmente fantásticas, senão vejam: Um dos organizadores, formalizou o convite à organização ambientalista “Quercus” para tomar parte na iniciativa, uma vez que esta tinha como principal objectivo a sensibilização dos cidadãos para o ambiente, e por consequência dela foi possível ,inclusivé, limpar e reabilitar um espaço que ainda há bem pouco tempo servia de “lixeira e sucata”. Ora penso eu… pensava eu, que a “Quercus” veria com bons olhos este tipo de iniciativas. Mas pensava mal. Pensava mal porque não aceitaram o convite porque, disseram eles, estas iniciativas poluíam muito o ambiente por causa do fumo e do barulho. Até aceito e compreendo que não viessem. Não compreendo é a justificação.

… há coisas fantásticas…

2 comentários:

josé carlos b. disse...

a Quercus, agora, anda-lhe a dar para mimalhices e birras destas. o que é pena, não só pela Quercus (de que fui associado, dirigente e, sobretudo activista), mas porque precisamos (o país precisa)de associações ambientais fortes e empenhadas.
este novo riquismo ambientalista é verdadeiramente catastrófico. Declinarem o convite de uma organização popular espontânea é, no mínimo, é ridículo. e o argumento utilizado é estúpido.
já agora... se exceptuarmos Viriato Soromenho Marques, por onde andam os dirigentes nacionais da Quercus dos últimos 15 ou 20 anos? Um deles, José Manuel Alho, apareceu toda pimpão na televisão há uns meses como porta voz da Cimpor (uma poluente e problemática fábrica de cimentos com instalações fabris no Parque Natural da Arrábida). Pois é... pois é...

josé carlos braga

s@r@ disse...

Adorei a iniciativa... Dou os parabéns a todos os que se empenharam para a realização deste convívio que espero que se repita..