terça-feira, junho 27, 2006

Barcelos de luto


Na passada segunda feira, tomei a iniciativa de junto com a minha esposa e o meu filho ( que nasceu na maternidade de Barcelos), participar na vigilia de protesto contra o encerramento do bloco de partos do hospital de Barcelos. Participei porque não posso aceitar que se enganem as pessoas. Não posso aceitar que o maior concelho do país não tenha direito a uma maternidade, não posso aceitar que um dos concelhos mais jovens da Europa não tenha direito a uma maternidade. Mas sobretudo não posso aceitar que se apontem razões de natureza técnica e de segurança quando verdadeiramente o que está em causa são razões de natureza económica e "economicistas". Este executivo governamental, tomou como uma das suas bandeiras eleitorais que não recorreria a receitas extraordinárias para reduzir o déficit. Ora como não pode tomar essas medidas, tem que se valer de outro tipo de compensações, nomeadamente reduzindo despesas na saúde, na educação,aumento da taxa do Iva, aumento do imposto sobre os produtos petrolíferos etc, etc. Por outro lado há razões de natureza económica e empresarial que pressiona o governo a fechar alguns serviços para que as parcerias publico/privadas sejam economicamente rentáveis.
Em suma, discordo da politica do actual governo, e se a maternidade de Barcelos não tem condições de funcionamento, a solução não é encerrar, é antes dotá-la dessa condições. Por esta ordem de ideias tudo que fossem serviços com falta de condições encerrava-se. Ia fechar muita coisa.

6 comentários:

prenes disse...

Olá Nuno,
Mais uma vez as tuas fotos conseguem transmitir na perfeição o verdadeiro sentimento do momento. No rosto destas pessoas é perceptível o constrangimento que as motivou a participar nesta vigília pela maternidade de Barcelos.
Barcelos está de luto e indignado com a insensibilidade dos que não respeitam as suas vontades e direitos.

Um abraço a todos os Barcelenses

Anónimo disse...

Nuno!
São na realidade belíssimas estas fotos do teu filho. Gostei imenso do contraste da noite, da luz da velas e do modo como ele se destaca de entre a multidão. Parecem-me saídas das cenas do filme do Robim dos bosques.
Sobre a vigília.....
No momento não tenho opinião, pois não tenho perfeito conhecimento das causas que determinam o fecho da Maternidade. Se fosse há vinte e tal anos, época em que duas filhas minhas, estiveram à morte por falta anastesistas e obstetras, aí sim, pronunciar-me-ia. Só sabe quem por lá passou ou passa.
Isto é sòmente uma opinião sincera.

Um abraço
Alice

NunoSousa disse...

Olá Ricardo e D. Alice.
Obrigado a ambos pelas vossas habituais gentiz palavras.
Quanto à minha opinião sobre o encerramento da maternidade, ainda não tinha colocado on-line por falta de tempo, mas agora já está.
D. Alice: Compreendo inteiramente a sua opinião, mas no fundo se reparar, mesmo que tenha passado por esses momentos tão dificeis, deverá entender que a solução não é encerrar, é antes dotá-la de condições. Aquilo que se passou consigo e com as suas filhas em Barcelos, poderia acontecer noutra maternidade.
Mas muito obrigado pelo seu sincero comentário.

prenes disse...

Oi Nuno,
O post já estava muito bom com as fotos, exprimem nitidamente a tua opinião, agora com o texto fundamentaste-a ainda mais.
Como já sabes, também não compactuo com o encerramento da maternidade de Barcelos, não só por todas as razões que referes, mas também pela forma como todo o processo foi conduzido por parte do governo, onde se evidência uma enorme falta de sensibilidade.
Um abraço

CREIXOMILENSE disse...

BARCELOS ESTÁ, REALMENTE, DE LUTO COM O ENCERRAMENTO DA SUA "QUERIDA" MATERNIDADE.
UM CONCELHO COM 89 FREGUESIAS COMO BARCELOS NÃO SE JUSTIFICA, A NÃO SER POR MOTIVOS ECONOMICISTAS, NÃO TER UMA MATERNIDADE ABERTA.
SE TEM CONDIÇÕES DE FUNCIONAMENTO OU NÃO, EU NÃO SEI MAS, TAL COMO TU DIZES, SE NÃO AS TEM A SOLUÇÃO NÃO É ENCERRAR MAS SIM "DOTÁ-LA DE CONDIÇÕES"

PARABÉNS PELAS EXCELENTES FOTOS

Anónimo disse...

Olá Nuno!

Não tenho tido computador, por isso não tenho aparecido por cá. Tiraste fotos muito interessantes da actuação dos miúdos.

As tuas fotos desapareceram! será do meu pc?

Um abraço

Alice