terça-feira, setembro 29, 2009

Os limites da Liberdade

A liberdade sem limites não existe.


Fiquei absolutamente estupefacto ao verificar que na humilde terra onde vivo, o PNR obteve uma votação significativa, atendendo ao reduzido eleitorado. Os seus 22 votos, e uma percentagem de 3.8%, são motivos mais que suficientes para uma reflexão.


Apesar de se tratar de uma brincadeira de meia dúzia de amigos, parece-me que há limites para tudo.


Extrapolando este resultado para o contexto nacional, este partido xenófobo e racista, teria representação parlamentar, o que seria obviamente vergonhoso para um país com uma tradição humanista como Portugal.
Não podemos nunca, nem por brincadeira, subscrever os princípios que este partido defende. Admito que a maioria dos que votaram nem conheçam o partido nem os seus princípios (ou falta deles). Para fazer protesto, existe o voto em branco, ou uma enorme quantidade de partidos, alguns dos quais com programas simpáticos, e propósitos sérios, que ao crescerem a votação enriqueceriam a democracia.


A política não deve ser uma brincadeira. Quer queiramos, quer não, o desenvolvimento das sociedades passa inevitavelmente pela política. Más escolhas politicas conduzem a prazo a retrocessos civilizacionais.

domingo, setembro 27, 2009

Debaixo de olho

Com os resultados eleitorais desta noite, o partido de governo estará constantemente debaixo de olho. O Parlamento irá servir para aquilo que criado, e deixara de ser a passerelle da prepotência dos governos de maioria absoluta.

segunda-feira, setembro 21, 2009

Às cégas



Generalizou-se a ideia errada e perigosa, mas obviamente conveniente aos partidos políticos, que a democracia se exerce apenas no acto eleitoral. Nada de mais errado. A democracia faz-se em cada atitude que tomamos, na responsabilidade cívica, no associativismo, na intervenção pública e naquilo que o Dr António Barreto, no discurso do 10 de Junho, chamou de exemplo.

A democracia faz-se a cada dia nos actos mais simples do quotidiano. Esperar pelas eleições para exercer a democracia é limitativo, desde logo porque temos de escolher de entre o que nos é apresentado para sufrágio, que apesar de diversificado em termos de quantidade, está geralmente longe daquilo que seria desejável qualitativamente

sábado, setembro 19, 2009

Ami Vitale

1ª grande regra para fazer boas fotos: Respeitar as pessoas.

As mais recentes câmaras fotográficas permitem fazer videos em HD e Full HD. Apenas mais uma característica técnica inútil, ou uma verdadeira potencialidade? Veja o video e tire as suas ilações.

quarta-feira, setembro 16, 2009

O valor da imagem

Foi há dias que entendi o verdadeiro alcance da expressão "uma imagem vale mais que mil palavras", quando reparei que as pessoas em vez de lerem os programas eleitorais, olhavam apenas para as fotografias dos candidatos e, imediatamente teciam considerações sobre as suas propostas.

segunda-feira, setembro 14, 2009

Organização.

Dividimos, organizamos, empacotamos e catalogamos tanto,

...que perdemos a identidade.

segunda-feira, setembro 07, 2009

Sobre a Liberdade


Tive o privilégio de visitar a Fortaleza de Peniche, onde estiveram encarcerados alguns dos mais "perigosos" presos políticos do tempo do Estado Novo. Ao percorrer aqueles corredores, não é possível deixar de reflectir sobre o valor da liberdade. Ao ver aquelas celas, e imaginando as torturas que nelas foram perpetradas, fico triste e até indignado pelo desprezo que muitos hoje demonstram, por um valor pelo qual tantos deram a vida.


Outros, mais condenável ainda, usam essa conquista de forma abusiva e cobarde, entrando escandalosamente no espaço que pertence à liberdade do outro, confundindo o remédio com puro veneno.