quinta-feira, junho 28, 2007

Sr Domingos

Conheço o Sr. Domingos desde criança, quando me deixava conduzir o seu tractor nos dias em que fazia serviços de tractorista para a minha família. Tinha sempre um sorriso para oferecer e uma palavra de simpatia, o que faz com que ainda hoje tenha por ele a maior estima e consideração.
Este fim de semana tive o privilégio de me encontrar novamente com ele, desta vez no antigo moinho de "Pelandré". Como sempre, com toda a simpatia explicou como funcionava e deixou-se fotografar junto ao moinho de que é "consorte" e de que é também o único utilizador, mantendo-o em perfeito estado de conservação e funcionamento. É uma riqueza que a freguesia tem, porque moinhos como este havia-os vários na freguesia, mas não tiveram a sorte de ter um "Sr Domingos" que o tratasse com o carinho que este é tratado.
Parabéns Sr. Domingos.

terça-feira, junho 26, 2007

Há coisas fantásticas, não há?!!!

Decorreu no passado Domingo em Creixomil, uma iniciativa a meu ver muito meritória, não só pela pertinência do tema, mas sobretudo porque partiu de um grupo de cidadãos que se organizaram em torno de um mesmo objectivo, contrariando assim o péssimo hábito de esperar que as instituições oficiais façam tudo. Deixo por isso aqui os meus parabéns a todos quantos trabalharam afincadamente para tornar aquela magnífica tarde de convívio uma realidade.
Mas há coisas realmente fantásticas, senão vejam: Um dos organizadores, formalizou o convite à organização ambientalista “Quercus” para tomar parte na iniciativa, uma vez que esta tinha como principal objectivo a sensibilização dos cidadãos para o ambiente, e por consequência dela foi possível ,inclusivé, limpar e reabilitar um espaço que ainda há bem pouco tempo servia de “lixeira e sucata”. Ora penso eu… pensava eu, que a “Quercus” veria com bons olhos este tipo de iniciativas. Mas pensava mal. Pensava mal porque não aceitaram o convite porque, disseram eles, estas iniciativas poluíam muito o ambiente por causa do fumo e do barulho. Até aceito e compreendo que não viessem. Não compreendo é a justificação.

… há coisas fantásticas…

segunda-feira, junho 25, 2007

instantes


Grupos... grupinhos e "grupelhos".
Da Grandeza dos primeiros à decandência dos últimos.
foto: Apúlia -2007

quarta-feira, junho 20, 2007

Trabalho

Há uns anos atrás, fiz uma série de fotografias sobre os sargaceiros da Vila de Apúlia de que gosto muito. Ainda estava na era da película. Ainda estava no tempo em que olhando para as costas da máquina, pouco mais sabíamos do que se a máquina estava de facto com rolo ou não e se era ISO 100 ou 400. Ainda estava no tempo em que era preciso esperar completar o rolo, depois leva-lo ao laboratório e fazer figas para que aquela foto estivesse lá. Hoje perdeu-se todo esse misticismo. Hoje sabe-se no exacto momento se a foto ficou ou não. Mas nem por isso se fazem melhores fotografias. Podem ter mais definição, mas terão tanta alma?

terça-feira, junho 19, 2007

instantes...



Aqui ficam alguns instantes da preparação do tapete e da procissão de velas de Nossa Senhora do Rosário em Creixomil no dia 8 de Junho passado.
Parabéns aos moradores dos lugares por onde a procissão passou pelo magnífico tapete de flores.

domingo, junho 17, 2007

CreixoMIL ENCANTOS

De hoje a 8 dias, um grupo de cidadãos irá realizar um convívio junto à levada de Pedro André... ou levada de Pelandré... ou levada de Pedro e André... ou lá o que é ( não vejo em que é que isso seja importante), no sentido de alertar as pessoas para a riqueza que é o nosso ribeiro da Anta e que temos vindo a ignorar ou mesmo maltratar em alguns casos.
Nesse mesmo sentido deixo aqui esta foto da ponte de Manelo, onde o ribeiro se reveste de uma beleza indescritível. Para quem ainda não visitou este "Encanto" de Creixomil, aqui fica uma pequena amostra.

sexta-feira, junho 15, 2007

classified ao vivo


foto: Classified ao vivo em Barcelos - 4 de Maio

Interioridade

Como podem estas gentes viver diferente?
Como podem estas gentes falar de cultura, se a cultura não chega lá?
Como podem estas gentes falar de politica, se ela só chega lá nas campanhas eleitorais?
Como podem estas gentes falar de Deus, se os pastores deixaram os campos e se fecham confortavelmente nos paços episcopais?

Como podem estas gentes falar... se quase já não têm para quem.

terça-feira, junho 12, 2007

terça-feira, junho 05, 2007

Regras

Temos sempre a tentação de submeter tudo às nossas regras. Desejamos tudo tão ordenado, tão rectilíneo que nem a natureza escapa à nossa régua e esquadro.

eu próprio não resisti a submeter esta imagem às minhas regras.

sexta-feira, junho 01, 2007

olhando bem...

Foto: Barco no rio Cávado - 2006

Dia mundial da Criança

As crianças não deviam ter um "dia internacional". Todos os dias deviam ser delas. Mas nós, ofuscados com o trabalho, com as nossas carreiras, com as nossas discussões estéreis sobre política, ou (ainda mais supérfluas) do futebol, deixamos que cresçam entregues a si mesmas ou a "educadores profissionais" que "hão-de saber o que fazer". E é por isso que cada vez mais casos inexplicáveis acontecem com as nossas crianças. É por isso que se ouvem relatos de agressões de alunos a professores e até de pais a professores.
A sociedade de consumo em que vivemos empurra-nos para esta aparente inevitabilidade.
Procuremos que este dia nos sirva pelo menos para pararmos um pouco para pensar.